A Tecia solanivora é uma das pragas de quarentena mais destrutiva da cultura da batata. Este insecto realiza numerosas galerias nos tubérculos quer em cultura quer em armazém, favorecendo o apodrecimento causado por bactérias e fungos.


É originária da Guatemala e a primeira detecção na Europa foi em 1999 nas Ilhas Canárias e mais recentemente, na região da Galiza (2015) e Astúrias (2016). A sua introdução em novos territórios está principalmente associada ao movimento dos tubérculos infestados. Como tal, a detecção precoce é muito importante para evitar a sua disseminação.

Perante qualquer sintoma suspeito, devem de imediato contactar a Direcção Regional de Agricultura e Pescas da Região em que se situa o tubérculo ou cultura afectada.

 

Para mais informações consultar a circular n.º 06/2018 em anexo.




28-12-2018

Pesquisar

Subscrição de Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e fique informado sobre vários temas da sua área de interesse.

Nome:
Email:
"Melhorar a Informação, Promover o Futuro" Operação 2.1.4 Ações de Informação
Ficha de Projecto
©InforCNA 2017 - desenvolvido por Softimbra2, Agroinformática