Foram oficialmente confirmados dois focos de Flavescência dourada na freguesia de Vilar de Maçada, concelho de Alijó.


Alertam-se os viticultores para a perigosidade da doença e à sua capacidade de dispersão dessa forma é necessário que cumpram as seguintes medidas, com urgência:

1) Não colher varas (” semente”) por sua iniciativa para realizarem enxertias;

2) Não produzir bacelos para utilização própria. O porta-enxerto, apesar de não manifestar sintomas, pode ser portador da doença e dispersar a Flavescência dourada;

3) Nas retanchas ou novas plantações apenas utilizar plantas de viveiro (bacelos, enxertos prontos) e varas certificadas, isto é, adquirir plantas devidamente acompanhadas por etiquetas de certificação; as etiquetas comprovam que o material foi controlado e certificado pelos serviços oficiais responsáveis. A etiqueta de certificação garante, para além do cumprimento de outros requisitos, a isenção da doença da Flavescência dourada.

4) Garantir a realização dos tratamentos inseticidas obrigatórios dirigidos ao insecto vector da doença - cigarrinha da flavescência dourada (Scaphoideus titanus), de acordo com as datas e produtos preconizados pelas circulares de Avisos do Douro, mantendo os registos em caderno de campo.

Alerta-se que a freguesia de Vilar de Maçada está sujeita a tratamentos inseticidas obrigatórios desde 2016 (por Despachos publicados anualmente em diário da república).

Se estes não forem realizados sistematicamente por todos os proprietários de plantas de videira, estão a contribuir para a dispersão da Flavescência dourada, não sendo possível o controlo da doença.

Estão igualmente obrigadas a tratamentos as freguesias de Sanfins do Douro, União das Freguesias de Carlão e Amieiro e Vila Chã, no concelho de Alijó.

A partir de 2019, a freguesia de Alijó, será incluída.




28-12-2018

Pesquisar

Subscrição de Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e fique informado sobre vários temas da sua área de interesse.

Nome:
Email:
"Informar para desenvolver" Operação 2.1.4 Ações de Informação
Ficha de Projecto
©InforCNA 2017 - desenvolvido por Softimbra2, Agroinformática