A Comissão Europeia decidiu a não renovação da aprovação da substância activa desmedifame.


O Ofício Circular 18/2019, emitido pela Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), relativo à publicação do Regulamento (UE) 2019/1100 da Comissão, de 27 de Junho de 2019, entrou em vigor no dia 1 de Julho do presente ano.

Pelo que a DGAV irá proceder ao cancelamento das autorizações de venda de produtos fitofarmacêuticos contendo desmedifame, não podendo ser utilizado após a data de 1 de Julho de 2020.

Na base da decisão comunitária foi comunicado «não ser possível excluir a exposição dos consumidores e/ou dos animais domésticos a resíduos que contenham anilina livre e/ou conjugada, um composto suspeito de ser cancerígeno e mutagénico, através de produtos de origem animal».



05-07-2019
 

Pesquisar

Subscrição de Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e fique informado sobre vários temas da sua área de interesse.

Nome:
Email:
"Melhorar a Informação, Promover o Futuro" Operação 2.1.4 Ações de Informação
Ficha de Projecto
©InforCNA 2017 - desenvolvido por Softimbra2, Agroinformática