A Peste Suína Africana (PSA) é uma doença causada por um vírus que provoca nos suínos excessivos sinais hemorrágicos sendo, na maior parte das vezes, mortal.


Por ser uma doença de rápida evolução e propagação, causa graves e avultadas perdas. Não apresenta qualquer perigo para a saúde humana, mas também não existe vacina nem tratamento.

No seguimento da confirmação, de 4 casos de PSA em javalis, no Sul da Bélgica, a DGAV determinou um aumento do nível de alerta para prevenir a introdução de PSA e publicou a Recomendação n.º 1/2018, de 14 de Setembro, dando nota de um conjunto de medidas tornadas necessárias tendo em vista atenuar o risco de introdução do vírus em Portugal.

A DGAV avança com a divulgação das Medidas de Prevenção da Peste Suína Africana em cumprimento das determinações legislativas comunitárias através da Decisão n.º 2018/263 de 4 de Junho, relativa a medidas de política sanitária contra a PSA em determinados Estados-membros, determina no seu artigo n.º 15.º A), n.º 2, que:

 

Todos os Estados-Membros devem assegurar que em todas as principais infra-estruturas rodoviárias, tais como as vias rodoviárias internacionais, e redes rodoviárias conexas, são dadas a conhecer a todos os viajantes, de forma visível e destacada, informações adequadas sobre os riscos de transmissão da peste suína africana e as medidas de controlo estabelecidas na presente decisão.

 

Para mais informação consultar a página da DGAV.




28-01-2019

"Melhorar a Informação, Promover o Futuro" Operação 2.1.4 Ações de Informação
Ficha de Projecto
©InforCNA 2017 - desenvolvido por Softimbra2, Agroinformática